terça-feira, 14 de junho de 2011

Sim Mãe, eu devia estar a estudar!

imagem daqui
Mas deixei o Locke, o Smith, o Mill, o Bobbio, o Hayek. o Fukuyama e o Marx a dormirem a sesta um bocado para aliviar a minha cabecinha! :)

Não Mãe, a verdade é que tenho estado às SMS com a Jane desde as 11h da manhã... E ainda não peguei naquela gente toda. O que tu até devias agradecer-me, visto serem homens de mais para mim! :|

Se calhar se eu disser isto à minha mãe ela não vai ficar muito contente. Mas a verdade é que eu tenho saudades da Jane. A Jane foi a única professora de Inglês que me fez nutrir uma enorme paixão pela disciplina. Paixão essa que só durou 9 meses, não que eu tenha tido um filho depois, mas é mais ou menos o tempo do ano lectivo. A Jane é mesmo Inglesa, tem aquele sotaque (à Harry Potter e a Misfits) que eu adoro!

A Jane foi nossa professora, minha e do Rupert, no 9º ano e desde então não perdemos o contacto com ela. A verdade é que éramos os alunos preferidos dela... O Rupert por gostar de Inglês e eu porque ela achava que devia passar a gostar. E gostei. Mas só nesse ano. Pronto, eu não desgosto de Inglês, é útil e coisas e tais, mas... Há aquela relação... Coise!

Foi ela que nos apelidou de Rupert e Clëo, porque não conseguia pronunciar bom os nossos nomes. Não que sejam difíceis, mas pronto! E nós gostamos dela. É uma amiga que foi nossa professora e que já não vimos assim fisicamente há 4 anos.

Por isso mãe, perdoa-me ainda não ter pegado naquela gente toda! Sim?! *.*

Ainda bem que a minha mãe não vai ler isto!

2 comentários:

. Sofia . disse...

Também tenho uma amiga que foi minha professora.
Acho isso bonito.

Clëo disse...

Sofia: pois é! não são todos os professores que conseguem este feito!

Top 10